Sobre o evento

​O II ENCONTRO DE HISTÓRIA SOCIAL DA PSICOLOGIA pretende oferecer um espaço para o debate crítico e a circulação de estudos e pesquisas sobre História Social da Psicologia que estão sendo realizadas no Brasil e na América Latina.

 

O evento dará especial atenção a trabalhos que versem sobre os desafios e as perspectivas colocados para a História da Psicologia pelo avanço do conservadorismo e da extrema-direita no Brasil e no mundo.

 

A ser realizado no Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro entre 18 a 20 de setembro de 2019, o evento tem como título e subtítulo “História da Psicologia em Tempos de Resistência: A Psicologia e as Lutas por Democracia no Brasil e na América Latina”, e pretende explorar os diversos temas que caracterizam as investigações desenvolvidas por pesquisadoras e pesquisadores do Grupo de Trabalho em História Social da Psicologia da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (ANPEPP).

O Encontro dirige-se a estudantes, pesquisadores e profissionais da Psicologia e áreas afins que, de alguma forma, estudam e pesquisam a história da psicologia e a psicologia na história. Mas também volta-se a ativistas e militantes sociais engajados em processos de luta e empenhados no resgate da memória histórica das lutas sociais e populares.


A realização do II Encontro de História Social da Psicologia buscará:

  • intercambiar conhecimentos entre pesquisadores regionais, nacionais e internacionais;

  • possibilitar a participação de docentes, discentes e comunidade acadêmica em um evento nacional com alta qualidade teórico/científica;

  • promover o debate interdisciplinar;

  • estimular, visibilizar e difundir a produção teórica, científica e acadêmica;

  • fortalecer os estudos e as pesquisas acadêmicas sobre História da Psicologia no Brasil.

As atividades culturais e o lançamento de livros são atividades que pretendem facilitar a apropriação de conhecimentos específicos de história da Psicologia por um público mais amplo.

São objetivos do Encontro:

  • Fomentar e divulgar estudos contemporâneos, críticos e originais da História da Psicologia, no Brasil e na América Latina, e que dêem especial atenção às condições culturais, sociais, políticas e econômicas de produção e circulação de práticas e saberes psicológicos;

  • Criar espaço para o diálogo entre pesquisadores da área e de áreas afins, com a participação de membros do GT-HSP, de maneira a proporcionar a ocasião para a circulação do conhecimento científico socialmente referenciado e contribuir para o desenvolvimento de políticas públicas em conformidade com os princípios ético-políticos que norteiam a atividade profissional de psicólogas e psicólogos;

  • Impulsionar a interação dialógica entre profissionais, estudantes, pesquisadores, movimentos sociais, organizações e instituições envolvidas com processos de luta por democracia e direitos humanos;

  • Ampliar e fortalecer redes nacionais e internacionais de pesquisa em História Social da Psicologia, contribuindo para a internacionalização de práticas e saberes psicológicos comprometidos com processos de resistência e emancipação social.

  • Contribuir para a internacionalização das atividades de pesquisadoras e pesquisadores brasileiros em História da Psicologia, com ênfase maior no âmbito da América Latina;

  • Debater os diferentes papéis e as diversas políticas da Psicologia na história, pensando suas articulações com os desafios enfrentados pela Psicologia contemporânea;

  • Problematizar e apresentar contribuições da História da Psicologia para os diversos campos da Psicologia e áreas afins, a partir de debates interdisciplinares e multiprofissionais.

Sobre o GT-HSP

O Grupo de Trabalho em História Social da Psicologia (GT-HSP) foi formado em 2014, durante o XV Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio da ANPEPP, realizado em Bento Gonçalves (RS). Atualmente, conta com a participação de pesquisadoras e pesquisadores de quase todas as regiões do país. O GT-HSP aglutina, ainda, pesquisadoras e pesquisadores que participam de importantes redes de pesquisa, núcleos de investigação ou sociedades científicas que estão contribuindo para o aprofundamento dos estudos da História da Psicologia, como a Rede Iberoamericana de Pesquisadores em História da Psicologia, a Sociedade Brasileira de História da Psicologia, o Laboratório de História e Memória da Psicologia – Clio-Psyché, a Divisão 18 (História da Psicologia) da International Applied Association of Psychology, o Grupo de Trabalho Memórias da Psicologia Brasileira do Conselho Federal de Psicologia, a Comissão de História da Psicologia do Estado de Goiás do Conselho Regional de Psicologia – 09 (Goiás), entre outros.


Em 2017, entre os dias 26 e 29 de setembro, os membros do GT-HSP organizaram o I Encontro de História Social da Psicologia. Realizado nas dependências da Faculdade de Educação da Universidade de Goiás, na cidade de Goiânia (GO), o evento contou com conferências, mesas-redondas, minicursos, comunicações orais, pôsteres e atividades culturais que proporcionaram um profícuo diálogo sobre os desafios e as perspectivas para a construção e o fortalecimento de uma História da Psicologia comprometida com uma reflexão crítica sobre os condicionantes sociais, políticos e econômicos de práticas e saberes psicológicos.
 

O I Encontro de História Social da Psicologia trouxe, como resultado imediato, a divulgação do GT da ANPEPP, a ampliação do GT-HSP, com o ingresso de novos membros, e a organização de um livro com trabalhos de conferencistas, palestrantes e outros participantes, em vias de publicação.
 

Entre os dias 15 e 18 de julho de 2018, o GT-HSP voltou a se reunir, dessa vez por ocasião do XVII Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico da ANPEPP, realizado em Brasília (DF). As discussões travadas durante o Simpósio contribuíram também para a ampliação do GT-HSP, além do planejamento de novas atividades. Dossiês temáticos foram organizados e encontram-se igualmente em vias de publicação, a exemplo dos dossiês temáticos voltados para a História Social da Psicologia organizados pela equipe editorial da Revista Psicologia Política e do periódico Estudos e Pesquisas em Psicologia.
 

O êxito desses encontros consolidou no GT-HSP a convicção na necessidade de oferecer espaços institucionais para reflexões e pesquisas históricas em Psicologia que enfatizem as condições culturais, sociais, políticas e econômicas de produção e circulação de práticas e saberes psicológicos. Eis aí a principal razão para a proposta de realização do II Encontro de História Social da Psicologia.
 

O II Encontro de História Social da Psicologia, a ser realizado no Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro entre 18 a 20 de setembro de 2019, trará como tema específico os desafios e as perspectivas para a História da Psicologia em tempos de recrudescimento do conservadorismo e da extrema-direita no Brasil e no mundo. Com título e subtítulo “História da Psicologia em Tempos de Resistência: A Psicologia e as Lutas por Democracia no Brasil e na América Latina”, o II Encontro de História Social da Psicologia pretende explorar os diversos temas que caracterizam as investigações desenvolvidas por pesquisadoras e pesquisadores do GT-HSP, abordando diversas temáticas que articulam a história da psicologia à ciência, profissão, política e sociedade.
 

Para a segunda edição do Encontro, pretendemos contar com pesquisadoras e pesquisadores renomados nacional e internacionalmente, a maior parte com vinculação em programas de pós-graduação em Psicologia e membros do GT-HSP.

Sobre o local

O II ENCONTRO DE HISTÓRIA SOCIAL DA PSICOLOGIA será realizado no Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Campus da Praia Vermelha, localizado na Av. Pasteur, 250 - Urca, Rio de Janeiro - RJ, 22290-240.

Os espaços disponíveis para o evento são os seguintes:

  • Salas do Instituto de Psicologia

  • Salão Pedro Calmon

  • Salão Moniz Aragão

  • Salão Átrio

  • Auditório Manoel Maurício de Almeida Albuquerque

  • Teatro de Arena Carvalho Netto, além de salas no Instituto de Psicologia